Quer seu conto no site? Envie seu conto e suas fantasias. Enviar Que publicaremos aqui no site.

Trepada dentro do ônibus

Olá me chamo Cristiane e o que vou narrar agora é um fato verídico que aconteceu comigo à alguns meses, tenho 24 anos sou branca cabelos pretos 1,75 65kg, e sou casada a 8 anos meu marido foi o primeiro e único homem da minha vida até então. Em questão de sexo ele é bastante liberal e tudo o que eu sei hoje aprendi com ele porém depois de conhecer os praseres do sexo mais a fundo me tornei uma mulher muito tarada.
Certo dia fiz uma viagem para fora de meu estado sózinha de onibus , e foi aí que minha vida mudou a viagem era longa em média dois dias, ao embarcar notei que um homem não tira os olhos de mim me media dos pés a cabeça fiquei meio incomodada com aquilo mas nem comentei nada com meu marido me despedi e entrei no ônibus um pouco antes para poder me acomodar pois a viagem era longa.
 Para meu espanto o homem que me observava embarcou no mesmo ônibus e se sentou do meu lado, ao vê-lo fiquei meio assustada e ao mesmo tempo exitada. Ele foi educado pediu licença e se sentou ao meu lado, aparentava ter aproximadamente uns trinta e anos, tinha uma expresão rude mas ao mesmo tempo sexy. Para resumir no decorrer da viagem começamos a converçar e fizemos uma boa amizade ele era casado e estava voltando para sua cidade onde tomava conta de uma fazenda, num dado momento a noite quando todos dormiam senti sua respiração em minha nuca gelei tive um calafrio, o empurrei com jeito para outro lado pois pensei que ele estivesse dormindo, não sei porque, fiquei excitada com aquilo mas tentava esquecer.  Quando novamente senti sua respiração próxima quando fiz menção de tirá-lo ele susurrou no meu ouvido e perguntou se não podia ficar ali pois não iria tirar pedaço sem palavras eu não disse nada, ele continuou ali eu fingia dormir mas já esta maluca de tesão ficava imaginando como era o pau dele e etc e tal quando menos esperei ele me beijou ameacei um não mas quando senti seus lábios carnudos não resisti, começamos uns amaços e a coisas foi esquentando eu estava de saia e senti a sua mão subir pelas minhas coxas queria gemer alto mas não podia ele foi subindo até chegar em minha xana ja em brasa afastou minha calcinha e comecou a massagear minha xana esfregar meu grelo gozei por duas vezes em sua mão, passei a mão por cima de sua calça e senti o volume de seu pinto duro ele virou de lado nos cobrimos com o mesmo corbetor , ele tirou o pau para fora e pediu para que eu pegasse não sabia o que fazer era um pinto enorme e mal cabia em minha mão comecei a masturbá-lo e em seguida o coloquei na boca quase gosei ao sentir aquele pau enorme na boca.
Eu chupava e ele gemia baixinho quando eu senti que ele estava para gozar ele me fez parar e mandou eu virar para a janela ao imaginar sua intenção eu recusei ele me virou bruscamente e me abraçou por trás eu sentia aquele pau nas coxas me melando as pernas e fica louca de tesão, ele chegou perto do meu ouvido e pediu para que eu relaxasse quando eu senti que ele rasgou minha calcinha no mesmo instante senti seu pau forçando a entrada de minha boceta, só com isso gozei novamente ele soriu e começou a me penetrar eu sentia cada centimetro daquele pau me arrombar perdi a conta de quantas vezes eu gozei, a senssação de sentir um volume maior na buceta a as veias salientes foi maravilhosa quando ele gozou senti sua porra me inundando tive orgasmos e perdi a noção de onde eu estava.
Quando voltei a si estavamos chegando, pedi minha calcinha de volta ele disse que ia guardá-la de lembrança ele me pediu telefone, mas não passei fiquei com o seu, mas ao nos despedirmos joguei fora , pois estava me sentindo culpada, saí dali e fui para o banheiro pois eu sentia sua porra escorrer pelas minhas pernas , hoje me arrepende de ter jogado fora seu telefone pois tenho saldade daquele tesão de homem que me fez gozar como nunca ….. ao transar com meu marido lembro dele e me acendo na hora, ele nunca desconfiou mas estranha meu tesão repentinu.
Fonte:  http://contossafadospicantes.blogspot.com.br/

Adicione um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *